Entenda a diferença entre salário bruto e salário líquido

Existem dois tipos de salários principais na vida de todo trabalhador registrado: o salário bruto e o salário líquido, ambos com valores diferentes.

É fundamental que todos trabalhador saiba diferenciar um tipo de salário do outro para não se prejudique. Continue lendo e se atende para as diferenças entre salário bruto e salário líquido e não tenha mais dúvidas!

O que é salário bruto?

Compreende-se por salário bruto o valor registrado na Carteira de Trabalho do empregado, ou seja, o ganho total. Isso porque até mesmo os descontos representam benefícios ao trabalhador, já que correspondem ao pagamento de vale-refeição e/ou vale-transporte, entre outros benefícios possíveis, além dos descontos referentes à seguridade social (INSS).

Veja também:

Perícia do INSS por depressão: entenda como funciona

O que é salário líquido?

O salário líquido consiste no valor que o empregador recebe, em conta, cheque ou em mãos, já com os descontos referentes aos benefícios e seguridade social aplicados.

É nesta quantia, chamada de salário líquido, que o trabalhador tem a liberdade usufruir da maneira que quiser.

Descontos que podem ser aplicados no salário bruto

Os descontos mais comuns e que podem ser aplicados, do salário bruto para o líquido, são os decorrentes do INSS e Imposto de Renda.

Podem ainda existir descontos alternativos, que variam de empresa para empresa, esses poder ser: vale-alimentação, vale-refeição, vale-transporte, auxílio-creche, plano de saúde, entre outros.

Também temos os descontos determinados pela Justiça, como é o caso da pensão alimentícia.

Veja também:

Ex-mulher tem direito à pensão alimentícia?

Contribuições da Previdência Social no salário bruto

A contribuição devida à Previdência Social é calculada de forma progressiva, ou seja, quanto maior o salário bruto, maior o desconto. A taxas possuem variação de 8% a 11% e possuem um determinado teto para contribuição.

Desde janeiro de 2017, as regras referentes aos valores de IR foram atualizados. Confira mais detalhadamente na tabela a seguir:

  • até 1.659,38 reais, IR descontado em 8%;
  • entre 1.659,39 e 2.765,66 reais, IR descontado em 9%;
  • entre 2.765,67 e 5.531,31reai, IR descontado em 11%;
  • acima de 5.5631,32 reais, IR descontado em 608,44 reais fixos.

Desconto de IRRF no salário bruto

A parcela do imposto de renda IRRF (Imposto de Renda Retido da Fonte) é descontada do salário bruto somente nos casos em que o valor esteja de acordo com a faixa que obrigue a declaração de renda.

A Base de Cálculo de Imposto de Renda compreende-se por = Salário Bruto – Contribuições INSS – Pensão alimentícia (caso houver) – números de dependentes (caso houver) x 189,59.

A partir do cálculo, cabe ao trabalhador pagar o imposto, com alíquotas que variam de 7,5% a 27,5%

Portanto, o cálculo final seria: = base de cálculo x alíquota – dedução.

Confira na tabela a seguir os valores atualizados:

Valor Calculado (R$) Alíquota (%) Dedução (R$)

  • até 1.903,98 0,00 0,00
  • entre 1.903,99 a 2.826,65 7,5 142,80
  • entre 2.826,66 a 3.751,05 15 354,80
  • entre 3.751,06 a 4.664,68 22,5 . 636,13
  • acima de 4.664,69 27,5 869,36

Financiamentos e como são descontados do salário bruto

No caso dos financiamentos imobiliários, a parcela deve ter o valor máximo correspondente a 30% do salário bruto. Ou seja, se levarmos em conta que o que temos em mãos para ser gasto é o salário líquido, no fim das contas, um financiamento imobiliário acaba consumindo mais que 30% do valor de seu dinheiro. Por isso, é tão importante ter em mente como são feitos os descontos.

Contribuições sindicais e como são descontadas dos salário bruto

A contribuição sindical pode ser confederativa ou associativa. A confederativa é obrigatória a todos os trabalhadores registrados em CLT e o desconto tem o valor referente a um dia de trabalho.

Já no caso da contribuição associativa, não é obrigatório seu desconto, já que é uma opção do trabalhador. A contribuição associativa tem como objetivo assegurar alguns benefícios a mais ao trabalhador, como: colônia de férias, atendimento médico e odontológico mais rápido e de maior qualidade, dentre outros.

Se não houver interesse por parte do empregado na contribuição associativa, o mesmo deve fazer uma carta a punho relatando que não possui interesse. Cabe ao próprio empregado levar a carta ao sindicato.

Veja também:

Como calcular o décimo terceiro salário: tudo que você precisa saber

Descontos de plano de saúde e como são descontados do salário bruto

No caso dos planos de saúde e odontológico, o desconto no salário bruto costuma variar de R$40 a R$100. Nesse caso, o desconto será proporcional ao valor do salário bruto.

Quanto maior a remuneração, maior será o desconto. É recomendado que o empregado avalie, individualmente, suas necessidades e se realmente vale a pena adquirir esse benefício, que é opcional.

Descontos de vale-transporte: como funciona?

O vale-transporte é um direito do trabalhador e é de obrigação do empregador fornecê-lo. Este valor não deve, de forma alguma, entrar para o cálculo de FGTS ou incorporado a remuneração.

Entretanto, seu desconto é devido e pode ser de até 6% em relação ao salário bruto.

Demonstrativo de pagamento/holerite

É muito importante estar atento, todo mês, ao holerite de pagamento, que consiste em seu demonstrativo de pagamento e é de seu direito que receba da empresa em que trabalha.

No holerite, constam os descontos e os valores referentes ao salário bruto e salário líquido.

Limites de descontos no salário bruto

Outra informação bem importante, e que nem todo mundo sabe, é que há um limite para os descontos que podem ser aplicados nos salário bruto do trabalhador. Esse valor corresponde ao teto máximo de 35% da remuneração.

Para um bom planejamento financeiro e, principalmente, evitar dívidas, é necessário que se tenha em mente qual o valor de seu salário líquido, ou seja, seu dinheiro final em mãos.

Tenha sempre em mente que o demonstrativo de pagamento, mais conhecido como holerite, é seu direito. Portanto, sempre esteja atento aos valores descontados de sua remuneração e seja realista com seus gastos.

Até a próxima!

Leave a Reply