Salário mínimo nos EUA: como funciona a lei nos Estados Unidos?

Salário mínimo nos EUA

Nesse período de crise financeira que o Brasil está passando, é muito comum ver pessoas fazendo planos de ir trabalhar nos Estados Unidos. Sonhando com salários melhores, acreditam que tal sacrifício valerá á pena. Mas o que pouca gente tem conhecimento é que nos Estados Unidos não existe salário mínimo mensalmente instituído pelo Governo.

Então antes de tomar uma decisão importante como essa, é bom saber tudo sobre o salário mínimo nos EUA. Fique esperto com cada detalhe!

Salário mínimo nos EUA

Ao contrário do que acontece aqui no Brasil, o Governo Federal dos Estados Unidos não dispõe de um salário mínimo todo mês aos seus trabalhadores.

No entanto, alguns trabalhadores recebem salário mínimo combinado pelo valor pago à hora trabalhada, ou seja, o salário que o trabalhador nos EUA recebe é referente à hora de trabalho. Muito contrário ao salário mínimo do Brasil que é pago independentemente de quantidade de horas trabalhadas.

Receber por hora de trabalho dá aos trabalhadores dos Estados Unidos uma grande liberdade nas regras trabalhista, além de diminuir os casos de processos judiciários.

O cálculo do salário mínimo nos estados Unidos é feito a partir das leis e normalizações de cada estado do país.

Esses estados detêm mais liberdade e independência para a formalização de leis do que os estados aqui do Brasil. Por esta razão, nos Estados Unidos as leis estaduais estabelecem direitos e obrigações aos empregados americanos.

Valor da hora de trabalho

Atualmente o salário estipulado pelos Estados Unidos é de US$ 7,25 por hora trabalhada. No entanto, esse valor diferencia muito de estado para estado. A Califórnia por exemplo, desde 2016 impôs a todos os empresários o salário de US$ 10,00 por hora de trabalho.

Já no estado da Geórgia que é considerado o estado que paga o valor mais baixo do país, o salário por hora trabalhada pode ser de até US$ 5,15 dólares.

Todavia, há uma lei nos Estados unidos que visa regulamentar os salários nacionalmente. No caso de o salário por hora estipulado pelo estado for maior que o salário estipulado pelo país, s normas do estado devem permanecer. Isso quer dizer que, o regulamento que determina um salário maior por hora de trabalho precisa ser reconhecido em todos os documentos de trabalho.

Hora extra

Nesse caso o salário também vai depender das regras dos estados. As leis dos Estados Unidos determinavam que não havia uma quantidade máxima de horas para serem trabalhadas durante a semana. Ou seja, os trabalhadores não ganhavam adição alguma por horas extras trabalhadas.

No entanto, a contar do dia 1 de dezembro de 2016 os trabalhadores começaram a receber o dobro por cada hora trabalhada, que passem do limite de 40 horas por semana.

Forma de pagamento

O salário mínimo nos Estados Unidos pode ser pago de várias formas. No documento de trabalho é especificado como e quando será feito o pagamento do salário. Para isso, haverá um acordo entre patrão e empregado.

Trabalhar nos Estados Unidos tem as suas desvantagens. Diferentemente do Brasil, lá não se paga 13º salário, férias nem trabalhos realizados nos feriados. Além disso, o trabalhador também não recebe por dias afastados por motivo de acidente ou doença.

Gorjetas

Dar gorjetas é um costume muito comum e quase obrigatório nos Estados Unidos. Em conformidade com o serviço da pessoa, as gorjetas tornam o salário mínimo nos EUA maior do que o habitual.

Um exemplo disso são os garçons! Eles geralmente ganham menos que um salário mínimo nos EUA. Isso se dá, porque eles ganham muitas gorjetas, completando a renda do mês. A lei desse país possibilita que o salário mínimo para a função de garçons e garçonetes sejam de US$ 2,20 a US$ 9,85 por hora. Em contrapartida, recebem até US$ 15,97 de gorjetas por hora, passando na maioria das vezes a média do país.

Onde mais se paga

Para quem deseja ir trabalhar nos Estados Unidos com o objetivo de ganhar dinheiro, precisa ter conhecimento de algumas regiões que se sobressaem no que diz respeito a salário mínimo. A capital Washington D.C. o salário mínimo é de US$ 11,50 por hora. No estado da Califórnia o salário chega a US$ 10,00 a hora, no entanto nas cidades de Los Angeles e São Francisco já é possível trabalhar e receber um salário de US$ 15,00 por hora.

Salário mínimo de algumas profissões

Veja o salário mínimo nos EUA para algumas profissões:

  • Os professores americanos recebem o salário entre RS$ 9,86 e RS$ 31,06. No entanto, o salário médio geralmente gira em torno dos US$ 15,00 por hora. Durante um ano o salário chega a US$ 41.706, quando somado as comissões, os bônus e outros ganhos remunerados.
  • A profissão de recepcionista recebe em média 11,00 dólares por hora exercida. Entretanto, o salário mínimo sai em torno dos 9,02 dólares por hora e o maior salário pago para este serviço é de 15,88 dólares a hora, rendendo um pouco mais de 30 mil dólares por ano.
  • Para quem trabalha como auxiliar de enfermagem o valor diferencia muito. O pagamento mínimo pela hora trabalhada é de US$ 8,89 e o valor máximo gira em torno dos US$ 14,84.
  • Para quem trabalha como mecânicos de carros a hora trabalhada pode chegar a 25,00 dólares.

Algumas desvantagens

Mesmo que o mercado de trabalho nos EUA oferte vários benefícios para seus empregados, há muitas diferenças se comparados com o mercado de trabalho no Brasil, mostrando assim algumas desvantagens.

Por exemplo, mesmo que existam leis que regulamentem o salário mínimo nos EUA, não há leis que regulem o pagamento do décimo terceiro salário no fim de cada ano para seus funcionários. Nos Estados Unidos os trabalhadores também não têm o direito de receber as férias remuneradas, muito menos trabalhos realizados nos feriados.

Quando um funcionário se ausenta por motivos de doenças ou acidentes, ele da mesma forma, não recebe nenhuma ajuda financeira, assim como acontece no Brasil.

Nos Estados Unidos, para que um funcionário receba uma ajuda remunerada em qualquer dessas ocasiões, é necessário existir um trato entre o empregador e o trabalhador. Outro meio de ter esses benefícios garantidos, é colocá-los por escrito no contrato de trabalho. Vemos então como é importante estar por dentro sobre o salario minimo dos EUA!